sexta-feira, Outubro 31, 2014

AI PRECISAS...PRECISAS...:-))



Quando se se coloca a 4 pontos do adversário todas as derrotas dos outros são uma bênção...:-) E tendo em conta a contestação que já se sentia, aliviada um bocadito pelo goleada em Arouca...a derrota dos "outros" em Braga foi no momento certo e factor de motivação extraordinário...pergunta ao Casemiro...:-))

Olha e se hoje o Rio Ave fizesse uma gracinha...então é que a motivação aumentava...:-)

in zerozero


Querer fazer de conta que os resultados dos outros não contam, é um discurso que não tem nada de original...é uma treta já vista muito por cá...interessam, motivam/desmotivam...e de maneira...






Ora aqui está...todos juntos somos mais fortes...e nada melhor do que começares a fazer a tua parte...como por exemplo juntares os jogadores de um jogo para outro em vez de separá-los...:-)))

quinta-feira, Outubro 30, 2014

ESTÁ JUSTIFICADO A ELIMINAÇÃO DA TAÇA DE PORTUGAL...:-))



A Federação Portuguesa de Futebol vai distribuir pelos clubes cerca de 3,5 milhões de euros em prémios, consoante o desempenho na Taça de Portugal. O vencedor recebe 550 mil euros.

A informação é avançada pela Agência Lusa, citando fonte da Federação. O valor é, de resto, semelhante ao das duas últimas edições.

O prémio do vencedor corresponde a 300 mil euros pela vitória vitória, 150 mil de receita de televisão e 100 mil da percentagem de receita de bilheteira. O finalista vencido ganhará menos 100 mil euros.

Os jogos da quinta eliminatória (oitavos de final) valem 100 mil euros por jogo transmitido, o da sexta (quartos de final) 120 e os da sétima (meias-finais) 150, sendo que existem prémios de participação para todos os clubes, entre a quarta ronda e as meias-finais, com ou sem transmissão.
in maisfutebol



Ou seja, nesta crise..o que interessa é a massa...:-)) E na Liga dos Campeões precisámos de fazer muito menos para ganhar muito mais do que na Taça de Portugal...dá menos trabalho...:-)) a Taça não é rentável...já por isso nos últimos 4 anos fomos sempre de vela...mas diga-se que nunca fomos de vela tão cedo e ainda para mais em casa em toda a história do FC Porto na Taça de Portugal como este ano com Lopetegui...aliás, fomos uma vez em 1978/79 no que se poderia considerar uma 2ªeliminatória(1/64) mas foi fora no Estoril...mas do resto e mesmo considerando que antes de 2008 os clubes principais entravam mais tarde na prova...só na 4ª eliminatória...só temos três resultados que se equivalem no que respeita em ir de vela logo à primeira... 2004/05 com eliminação à 4ª eliminatória em Guimarães e 2006/07 com a eliminação em pleno Dragão com o Atlético também à 4ª eliminatória e primeira em que participávamos...e 2011/12 com eliminação em Coimbra...






Mais um ano que não queremos ir a Oeiras contaminarmo-nos com o cheiro a sardinhas e febras...e mijo...:-)))

Deixamos para estes:

in zerozero


Portanto...sem rotações :-)).... iríamos a Espinho...não estava mau...os lampiões jogam em casa com o Moreirense...uma equipa de 1ª liga...mas um V.Guimarães-Braga é cartaz dos 1/16...E desejo que o Paulinho com as sucatas de Paços consiga vingar-nos...:-))



quarta-feira, Outubro 29, 2014

SINTO FALTA DA ROTAÇÃO...:-))

 photo colo18.gif



Sem jogos a meio da semana...sem rotações a comentar...esta treta dá um sono...:-))




Por isso mesmo é que foste o melhor jogador africano.. o ano passado na Liga espanhola...:-)


terça-feira, Outubro 28, 2014

MIGUEL SOUSA TAVARES - UM POUCO DE NORMALIDADE

1- Ao ver a forma displicente e generosa como o SC Braga entrou no jogo com o Benfica, estendendo-lhe a passadeira para o primeiro golo, ainda não estavam decorridos 2 minutos e metade dos seus jogadores ainda não tinha tocado na bola, preparei-me para assistir a mais um passeio do Benfica em terras do Minho. Mas, aos poucos, começou a aparecer um Braga próximo do que eu tinha visto no Dragão e que foi a melhor equipa que por lá passou este ano. O suficiente para levar de vencida o Benfica, apesar de dois penalties, todavia evidentes, de Eliseu sobre Pardo e que ficaram por marcar. E assim, a classificação fica mais de acordo com o que se tem passado. E o Benfica, como se diz na caça, já está à distância de tiro.

2- Depois da traumática derrota com Sporting, o FC Porto enfrentava uma semana que podia ajudar a recompor as coisas ou, pelo contrário, fazer instalar a descrença e a depressão. Felizmente, tudo correu bem. Num jogo sofrido e nervoso, com uma boa primeira parte e uma segunda parte de resistência, o FC Porto lá levou de vencida o Athletic de Bilbao - não sem que, mais uma vez, tenha sido uma oferta defensiva a abrir caminho ao golo do adversário. Um imenso suspiro de alívio acolheu o apito final do árbitro, no Dragão. Com 7 pontos em três jogos, o FC Porto aproveitou o grupo acessível que lhe saiu na Champions e é a única das três equipas, não portuguesa mas com sede em Portugal, que está em condições de ultrapassar a fase de grupos.

3- Contra o Arouca, aconteceram várias coisas interessantes, com um desfecho eloquente. Em primeiro lugar, Lopetegui não voltou a mudar meia equipa, apenas um jogador. Em segundo lugar, a equipa não entrou adormecida e sem pressa, pelo contrário, tratou logo de ir para cima do adversário e assim se manteve até garantir a vitória. E, por
último, foi o jogo em que o FC Porto teve menos posse de bola (59% — uma raridade em relação aos números habituais). Ou seja: em vez de se recrear (e sofrer) naquele futebol espúrio de passa, repassa e volta a passar, tudo lá atrás, preferiu jogar para a frente, até por aconselháveis cautelas. Resultado: um passeio e uma vitória por 5-0, que podia ter sido ainda bem maior. Elementar, meu caro Lopetegui!

4- Seis dos jogadores que jogaram contra o Arouca estiveram ausentes do jogo contra o Sporting, embora estivessem disponíveis. E, muito embora aí a sorte do jogo tenha sido sempre madrasta contra os azuis e brancos, não consigo deixar de pensar que bastaria que Lopetegui tivesse alinhado contra o Sporting uma equipa apenas ligeiramente menos absurda, e o resultado teria sido bem diferente. Porque é tão evidente que o FC Porto é superior ao Sporting!

5- Aos 2 minutos do jogo de Arouca, Jackson Martinéz é rasteirado dentro da área, quando ficaria cara a cara com o guarda-redes. Era penalty e expulsão. A jogada foi clara e Xistra estava bem em cima dela. Nada assinalou. Comentário do relator da Sport TV:

— Nuno Coelho impede a progressão de Jackson...

Resposta do comentador de serviço:

— Parece que sim...

E adiante, sem mais uma palavra sobre o assunto até final, como se
nada de importante tivesse acabado de suceder. Isto, depois de uma semana de histeria jornalística com um penalty assinalado contra o Sporting, na Alemanha... Aliás, é curioso ver como a mesma imprensa que caiu em cima de Lopetegui quando ele, muito legitimamente, se insurgiu contra o assalto de Guimarães, já achou perfeitamente normal e mesmo louváveis os ataques de Marco Silva ao árbitro de Gelsenkirchen ou os de Jorge Jesus ao árbitro do Mónaco - e aqui, sem razão de espécie alguma. A legitimidade das reclamações, meus caros amigos, não depende do predicado, mas sim do sujeito.

6- Aliás, e just for the record: aquele penalty sobre Jackson não foi o único a favor do Porto que Xistra deixou passar em claro, numa arbitragem de tal maneira inclinada que só não se tornou escandalosa porque o resultado a apagou.

7- Porque à mesma hora jogava o Porto contra o Bilbao, não vi o jogo do Sporting na nossa (dos portistas) bem aventurada Arena Auif Schalke. Só vi as imagens do resumo e os tais lances controversos. O segundo golo dos alemães é off-side, mas daqueles que só se enxerga em repetição lenta. O penalty a favor do Sporting (do tal árbitro que os sportinguistas juram ter sido comprado pela Gazprom), podia muito bem não ter sido assinalado. E o penalty ao cair do pano que ditou a derrota leonina, não existiu, de facto, e adulterou o resultado
final. Mas quem manda ao Jonathan saltar de braço bem aberto em direcção à bola? Ele que, segundo a opinião da insuspeita Leonor Pinhão, já havia metido uma mão à bola, impune, no jogo da Taça contra o Porto? Ele que, segundo julgo lembrar-me, também já havia protagonizado um encontro da bola com a mão, ou vice-versa, e igualmente impune, no jogo de Alvalade contra o Porto e que muitos portistas viram como penalty não assinalado? Não seria mais avisado habituar-se a recolher as mãos?

8- A absurda tentativa de o Sporting ver a UEFA mandar repetir o jogo de Gelsenkirchen ou indemnizá-lo em 500 000 euros, porque o árbitro assinalou indevidamente um penalty, faz jus a uma antiquissima tradição daquele clube de reclamar de tudo e todos, em todo o lado. Mas mostra também uma persistente incapacidade de perceber o que é a Europa do futebol, o que são as contingências do jogo e qual a atitude que os verdadeiros grandes clubes têm: hoje é-se prejudicado, amanhã é-se beneficiado. Só quem acha que vai regenerar o futebol do planeta inteiro e patentear a fórmula científica para a infalibilidade da «verdade desportiva» é que acredita que o seu caso é único e jamais visto.

9- Mas nem de tudo os sportinguistas se podem queixar: vão em três jogos consecutivos em que abriram o marcador com auto-golos dos adversários. Quem me dera a mim que o Porto beneficiasse de três auto-golos em toda a época!

10- Não sei se Luís Duque é ou não uma provocação ao Sporting, congeminada entre Benfica e Porto. Mas se o é, foi o que Bruno de Carvalho mereceu. A sua desesperada tentativa de perpetuar em funções os seus serventuários da Liga, lançando mão de expedientes de uma sem vergonha jamais vista, não merecia outra resposta. Pior só a hipocrisia de dizer que não estava disponível para discutir nomes antes de discutir as «propostas» que apresentara para a «regeneração do futebol português» . Claro que não queria discutir nomes, porque os nomes que lá estavam lhe serviam perfeitamente. E, quanto às propostas, esse arrazoado de lugares-comuns e disparates cozinhados em cima do joelho, só me faz lembrar o célebre comentário de Marcello Caetano à tese de doutoramento do não menos tristemente célebre Professor Soares Martinez: «Olhe, doutor, a sua tese tem partes boas e partes originais. Infelizmente, as partes boas não são originais e as partes originais não são boas.»

11- Doze dias passados sobre o Porto-Sporting e o anúncio de Bruno de J Carvalho de que ia ser morto e esquartejado no Dragão, de que o Sporting iria ser recebido a tiro e à bomba, perante a inércia da justiça preventiva, e, afinal, nada, rigorosamente nada se ter passado - nem um incidente com os dirigentes ou com os adeptos, por menor que fosse — tenho aguardado em vão por um dos infalíveis comunicados do clube dos cavalheiros a reconhecer que ofendeu sem razão. E a anunciar que, em Alvalade, o FC Porto será sempre recebido da mesma maneira que o Sporting o foi no Dragão. Afinal, onde estão os cavalheiros?

12- Depois de uma época desportiva em que o FC Porto acabou em terceiro lugar no campeonato, não ganhou coisa alguma, e em que a sua SAD apresentou 40 milhões de prejuízos a acrescer à divida de mais de 200 milhões, os prémios (!) pagos aos seus administradores (acumulando com vencimentos de luxo) são simplesmente injustificáveis.

in abola


in UEFA: «o protesto apresentado pelo Sporting foi considerado inadmissível pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina».

clap...clap...clap...

A 8ªJ DA ESPERANÇA...NA ÉPOCA PASSADA ATINGÍAMOS OS 5 PONTOS DE VANTAGEM...




Não deixa de ser curioso que nesta 8ªJ que fez com que recuperássemos 3 pontos para o primeiro, ficando mesmo assim a 1 ponto...foi a mesma jornada que no ano passado atingimos a vantagem maior no campeonato...5 PONTOS!!!

Aliás, pior do que a situação actual só o ultimo ano do JUJU que também tinha recuperado de 5 de desvantagem para 3...Villas-Boas já tinha 7 pontos de vantagem...o Vítor Pereira liderava em igualdade pontual e o Paulo Fonseca atingia os tais 5 pontos de vantagem...quem diria o que depois se sucedeu...


FC PORTO DE PAULO FONSECA




FC PORTO DE LOPETEGUI



O FC Porto mesmo com a recuperação tem menos 4 pontos que o ano passado...menos 3 golos marcados e só ganha no aspecto defensivo com menos 2 golos sofridos...

Agora veremos o que o pós 8ª jornada  nos traz...já vimos que pode trazer de tudo...até com vantagens soberbas...

E se me dissessem que este ano estaríamos a fazer pior que o ano passado e das últimas épocas eu não acreditaria...mas resta a esperança que o que interessa é como acaba...não como começa...mesmo que algumas provas já tenham ido de vela...

segunda-feira, Outubro 27, 2014

NÃO SEI PORQUÊ MAS HOJE RESPIRA-SE MELHOR...:-))



Eu bem tinha dito que me parecia que este fim-de-semana ia ser fantástico...só faltou sair-me o Euromilhões para ser perfeito...:-)

Não vi o jogo, pois desde que apanhei por acaso uma prova do NASCAR Spring Cup em Agosto, fiquei vidrado com aquilo...agora percebo os americanos....dá 1000 a zero à F1...é emoção da 1ª à 500ª volta...os últimos podem ser primeiros...tudo muda numa volta...com as "cautions" sempre que há um acidente e/ou qualquer coisa em pista...mais as tácticas...os ajustes,etc,etc...mais a forma de classificação...uma tal Chase em que vão sendo eliminados e só um desporto assim me faz ficar quase 5 horas de emissão a olhar para aquilo, pois há sempre qualquer coisa a acontecer...de todos os que vi até agora desde Agosto, só um foi mais monótono e mesmo assim se comparado com a F1 foi extraordinário...e então ainda pensei que mesmo vendo aquilo ainda ia a tempo de ver pelo menos a segunda parte do Braga-Benfica...mas não... aquilo acabou quase às 10...e por nenhum momento me deu vontade de trocar de programa...mais uma prova fantástica...inacreditável...acidentes...avarias...recuperações...decidida nas últimas 4 voltas...e também como sempre que vejo os jogos dos lampiões eles ganham...mas mal terminou o NASCAR fui lá ver as novidades...primeiro, os links do jogo que tinha estavam sempre a falhar...aliás...nada de novo...mas o Braga tinha acabado de marcar...para aí há um minuto...depois não consegui ver quase nada , pois estava sempre a parar e só quando terminou é que stream voltou ao normal e consegui ouvir os jogadores e técnicos onde fiquei completamente esclarecido...os do Braga diziam que a vitória tinha sida justa...os do Benfica diziam completamente o contrário, que o que valeu foi o guarda-redes do Braga...seja como for...3 pontos para o País de Gales...e só estamos a 1...aliás, o Jasus...bateu nessa tecla, o que é mais um sintoma de fraqueza do que força...

No futebol tudo muda num instante...Bastou uma jornada...o FC Porto acossado e assobiado até goleia e ainda vê reduzir a sua desvantagem para o primeiro...


E para verem como tudo muda em todo o lado num instante...é comparar as capas antes do jogo...das que se fazem agora...:




Noutras circunstâncias o treinador do FC Porto já ficaria com as orelhas a arder...:-))



Mas pronto...como dizem os americanos...vamos aproveitar o "momentum"...enquanto ele não vira outra vez:-))



domingo, Outubro 26, 2014

POIS...


Jorge Maia in Ojogo


Os próximos tempos vão-nos elucidar melhor se a "estabilidade" é para continuar...ou não passou de um acaso e com um adversário mais forte ou com menos eficácia não se vão engasgar novamente...de qualquer forma, já reabilitamos o At.Bilbau...que depois da boa segunda parte no Dragão, com todas as nossas ofertas...conseguiu ganhar um jogo fora...por 0-1 ao Almería...ao fim de 9 jogos sem ganhar...

sábado, Outubro 25, 2014

JÁ NEM SEI COMENTAR VITÓRIAS DESTAS :-))))

Vi num stream russo...logo concordo com todos os comentários...:-)

Ó pá eu já não estou habituado a comentar vitórias resolvidas cedo e sem complicações de maior...isto nem parece o Porto....-)))

Mas diga-se que fomos um bocado cruéis para o Arouca...

Até aos 20 e tal minutos e ao golo do FC Porto tínhamos um jogo equilibrado...com o Arouca muito perigoso, mas o golo do Quintero também feliz pois o ressalto no defesa enganou o guarda-redes e essencialmente o segundo golo, criado por Brahimi logo a seguir resolveu o jogo a nosso favor... e era um bocado cruel para o futebol que o Arouca estava a produzir...a partir daí, com 2 golos de conforto só deu Porto..veio o terceiro e podiam ter marcado numa ou noutra ocasião...

Na 2ª parte voltámos a ser cruéis...pois o Arouca tem quase de seguida duas grandes oportunidades que, mais uma vez, o Fabiano em grande defendeu e logo na resposta veio o 4º do FC Porto...e depois o 5º e ainda mais uma ou outra situação, acentuando a diferença de valores entre as duas equipas...

Mas gostei dos espírito do Arouca...praticam bom futebol e nunca desistiram...mereciam pelo menos um golito...

Quanto ao FC Porto...eu questionei se seria desta...bem...um disse que um FC Porto normal faria isto...logo correspondeu...curiosamente...parece que foi o jogo que tivemos menos "rotações" de um jogo para o outro... só uma... o central...e isto porque o Lopetegui quer manter a fama...:-) Pormenores...

Pronto..foi bom..0-5...está bem que era o Arouca...por isso não vamos exagerar...mas vamos lá a ser mais consistentes no futuro...e com os lampiões em Braga...esperemos que o fim-de-semana acabe ainda melhor...

Carlos..eras tu que estamos a dar mau olhado ao vires comentar...:-)) À semana é que fico a precisar de ti...:-))


* Se o Real de Madrid naqueles contra-ataques na segunda parte não fosse tão inacreditávelmente medíocre podia ter dado uma goleada de que maniera ao Barcelona, mesmo começando o jogo a perder...aquelas imensas situações de 3 para 1...4 para 1...ou 4 para 2...quase sempre com passes inacreditáveis...pareciam de um clube de terceira divisão...    

SERÁ DESTA?



Como venho dizendo, este quadro mostra bem o quanto as críticas que se fazem ao Lopetegui e equipa não são de forma alguma descabidas...

Em 13 jogos, e vejam bem com 8 em casa... só em 2 jogos conseguimos ganhar nos dois períodos do jogo...curiosamente na estreia e no jogo contra o BATE  e mesmo assim na estreia a tranquilidade só veio aos 94 minutos...tudo o resto...tremido...tremido...ou seja, representa bem a inconstância desta equipa, que nunca convence...

Mas sabendo da qualidade do plantel, estamos sempre à espera que seja no próximo jogo o desperder do "monstro" ...será em Arouca que vamos partir para a recuperação no campeonato e construir uma vitória categórica?

Noutras alturas, com a diferença de valores em confronto... diria que o Arouca não teria argumentos e com mais ou menos dificuldade, ou uma menor inspiração momentânea a dificultar... mas ganharíamos de caras...actualmente, o discurso de que todas as equipas são muito difíceis já está a fazer escola em muitos adeptos...o que não deixa de ser espantoso...que nos faz festejar vitórias medíocres...e por isso já nem digo nada do que pode acontecer...espero sempre o melhor... mas estou preparado para o pior...

Entre o 3º e o 14º, mas curiosamente equivalem-se nos resultados...Arouca em casa: 1 vitória, 1 empate e 1 derrota...FC Porto fora: 1 vitória e 2 empates...2-2 em golos marcados contra 3-2 do FC Porto...

in zerozero


 
E como também já tinha dito, com a visita do líder a Braga seria uma boa jornada para encurtar terreno, se houvesse uma escorregadela...não vamos dar tiros nos pés e não aproveitar um potencial descuido...





LOPETEGUI E PAULO FONSECA ...O QUE OS UNE?






Querem os assobios só para eles...e isso acaba sempre mal...:-) Mas como vêem podem assobiar à vontade...:-)

Mas será que o Lopetegui ainda não percebeu que são essencialmente para ele? Bem...no último jogo ele disse que "O público é maravilhoso. Tem-nos ajudado muito." ....por isso ou não ouve ou vê sempre filmes diferentes dos adeptos e isso começa a ser normal...logo também não sei também o que Jackson anda a ouvir...:-)) Mas é muito curioso vir agora o Jackson "queixar-se" dos assobios...a braçadeira e o cheque gordo e percentagem de passe para amigos incharam-no...pois eu até sou capaz de me lembrar de umas declarações dele o ano passado a dizer que compreendia a insatisfação dos adeptos...coerências...

Eu sou contra assobios por tudo e por nada e sem fazer muito sentido...mas acho que o FC Porto actual, com o plantel que tem, com a ilusão que criou, com o futebol que tem apresentado, tudo é ganho à rasca, na aflição,  as rotações e invenções merecem umas "cornetadas"...no fim das partes...

FOSSE O LOPETEGUI E NÃO JOGAVA NENHUM...:-)

in as


Rodava...:-)) Além de estar todos a treinar fenomenalmente...:-))

Ó LOPETEGUI...INSPIRA-TE NESTES...:-)



in ojogo e maisfutebol


Uma equipa de putos...jogadores Bs e da terceira divisão...e já tens que lhe recuperar o lugar:


in zerozero

PROGRAMA DE FESTAS ATÉ AO FIM DO ANO


FC PORTO
CASA: Nacional, Rio Ave, Shakhtar, Benfica, Setúbal
FORA: Arouca, Bilbau , Estoril, Bate, Académica



10 vitórias até ao fim do ano...e não há mais assobios...:-)))

sexta-feira, Outubro 24, 2014

A UEFA VAI COLOCAR OS CALIMEROS NOS OITAVOS AUTOMATICAMENTE...:-)



eheheh...já não me ria tanto há muito...sim o erro é muito grave, como tantos e tantos outros que existem em qualquer jogo de futebol...querer repetir o jogo ou o dinheiro do suposto empate (quem lhes garante que mesmo sem penaltis os alemães não marcariam outro?) ... é qualquer coisa de estrambólico...

Mas a ser assim entre tantas e tantas situações, eu ainda estou à espera dos pontos perdidos o ano passado no Estoril em que foi marcado o penalty mais escandaloso dos últimos anos a metros da área:


 e o outro golo dos amarelos foi também ilegal...em fora-de-jogo...os primeiros pontos perdidos da época que com esta roubalheira desestabilizaram o FC Porto que liderava o campeonato e por isso...espero que a Liga nos atribua o título da época passada ou que mande repetir o jogo e anule todo o campeonato do ano passado ou pelo menos que nos compensem com vários milhões:-) 

Se este caso fizer jurisprudência o FC Porto tem que actuar...e o Paulo Fonseca readmitido:-))

quinta-feira, Outubro 23, 2014

É...PODIA TER SIDO MELHOR...FOI MAIS DO MESMO...MAS GANHOU-SE :-)


Agora já vi...mas sinceramente nem vi com muita vontade...quando já se sabe o resultado e há tanta coisa a ocorrer que tudo perde a actualidade depressa...até passei partes do jogo em velocidade 2x e 4x para despachar, mas vi que no primeiro tempo até começámos relativamente bem, com boas oportunidades...com Tello a ser o melhor em campo e Jackson pese embora toda a aplicação que coloca nestes jogos da LC...já tinha reparado noutros anos...corre sempre mais para a montra da LC que por vezes a ânsia atraiçoa-lhe e por isso esteve desastrado na finalização...mas diga-se que a defesa do At.Bilbau metia água por todos os lados... de equipa de 3ª divisão...os gajos saiam com a bola e perdiam logo à saída do seu meio campo, uma vez até quase dentro da sua área...com passes absurdos...assim compreendo porque não tem ganho a ninguém...e o FC Porto foi desperdiçando alguns lances de autênticas auto-estradas mas quase sempre mal finalizados...depois perderam o gás um bocado...e os gajos até mandaram uma bola ao ferro...e sempre que havia um livre para a nossa área era sempre um ai Jesus...mas fomos sempre mais equipa, mesmo que toda a gente sentisse que faltava qualquer coisa, e o golo em mais um buracão na defesa, mas também bem criado, colocou uma certa justiça, para a equipa que tinha feito mais...e não podia vir em melhor altura...


Mas devemos ser a única equipa do mundo que fica abalada com um golo em cima do intervalo, a jogar em casa e com uma adversário que andava na penúria...

Aquela segunda parte até ao golo do Quaresma é surreal...asneiras trás de asneiras...completamente dominados pelo At.Bilbau que cresceram com as substituições e cresciam também com as nossas asneiras parvas, como a oferta do golo do empate e só não deram a volta ao marcador porque Fabiano fez duas excelentes defesas e mais um ou outro susto em remates perigosos...e o FC Porto quando lá ia naquele periodo de desatino, em mais um buracão falhava... como o lance do Tello...

Depois apareceu Quaresma e o golo, mas diga-se com a conivência do guarda-redes adversário...aliás, um das capas dos jornais espanhóis era esse erro..o remate é forte mas nem tanto e a partir daí, tirando o tal lance que Fabiano defendeu miraculosamente no livre, o FC Porto voltou a falhar um ou outro lance com tanto buraco na defesa...mas o jogo estava ganho...

Quanto aos casos...em lance corrido acho que o árbitro esteve bem nos dois lances na área...O do Indi na nossa e o Jackson na deles...Na repetição...o encosto de ombro do Indi foi mais arriscado do que parecia e no lance do Jackosn...perdeu-se um bocado e depois sentindo o contacto estendeu-se no chão...se tivesse marcado penalty nos dois lances não ficaria escândalizado, mas acho que fez bem...em futebol corrido vi o mesmo que o árbitro...e este pelo menos não vê mãos no lugar de cabeças...como o 5º árbitro do jogo dos calimeros...realmente é escândaloso...penaltys dúvidosos por contacto...bolas no braço ou vice-versa...foras-de-jogo de milimetros...ainda dou de barato...agora ver um árbitro que não está lá para outra coisa, até está perto do lance e vê uma mão, quando foi claramente com a cara/cabeça...como dizia o dirigente do Schalke...o 5º do Platini estão a fazer um sucesso...:-))

Mas voltando ao nosso jogo, também poderemos dizer que o Casemiro é o nosso Máxi Pereira e mais não digo...:-))

Resumindo...o FC Porto teima em apresentar um futebol inconsistente...nunca faz 90 minutos em que seja sr. do jogo...acábamos sempre em aflição...contentitos com o empate nos descontos ou com a vitória tangencial ou surgida nos últimos minutos da partida...e numa equipa e plantel com esta qualidade e que tanta ilusão criaram...o próprio treinador assim o disse...a plateia enerva-se...mas se ela se enervava com plantéis muito inferiores é compreensível que a exigência aumente com este...desde que não seja histeria aparvalhada...mas diga-se que o Lopetegui coloca-se a jeito...as rotações atrás de rotações com péssimos resultados estão a dar-lhe cabo da cabeça e do estado de graça...se tivesse uma base, mesmo com os mesmos resultados seriam mais condescendentes...seja como for, só lhe resta ganhar... e colocar a equipa a jogar ao nível do talento que tem...para calar os críticos mais ferozes...e na próxima jornada a nível nacional será excelente para encurtarmos distâncias...pois os lampiões vão a Braga...e precisamos rapidamente de um balão de oxigênio desses para o Lopetegui respirar melhor...

E ainda nível de Liga dos Campeões estamos bem encaminhados...mas agora vamos ter 2 jogos fora...e 1 em casa...

FC PORTO - 2 jogos FORA (At.Bilbau, BATE) e 1 jogo em CASA (Shakhtar)
SHAKHTAR - 2 jogos CASA (BATE, At.Bilbau) e 1 jogo FORA (FC Porto)
BATE - 2 jogos FORA (At.Bilbau, Shakhtar) e 1 jogo CASA (FC Porto)
AT. BILBAU - 2 jogos CASA (FC Porto, BATE) e 1 jogo FORA (Shakhtar)

O calendário é teóricamente favorável ao Shakhtar, mas tudo ficará decidido quanto ao 1º do grupo quando os recebermos...isto se não houver descuidos de parte a parte...

Quanto aos jogos de ontem:


Bem... os lampiões ganharam o seu primeiro pontinho...não faço ideia como foi pois nem resumo vi ainda...O Leverkusen despachou o Villas-Boas e Hulk e cª rafeira...:-))  O Real Madrid continua a meter medo...especialmente desde que o CR ficou curado...aprecio mais o estilo de futebol de Messi, mas este gajo está uma máquina...e as peças começaram a carburar e que tanta desconfiança provocaram no início da época...e mais uma série de goleadas como At.Madrid..Borússia que a juntar às goleadas de ontem vem comprovar que a Liga dos Campeões é uma Liga com muita falta de competitividade...:-))) Pelo menos é que que dizem quando há resultados destes nas ligas nacionais...e quando o Roberto , ex -lampião frangueiro é figura no Olympiakos defendendo tudo e mais alguma coisa ..é a prova que faltava...

A meio do trajecto temos:


imagens in zerozero


Ou seja, se terminasse assim, teríamos...

Na Liga dos Milhões: Olympiakos, At.Madrid, R.Madrid, Ludogorets, B.Leverkusen, Mónaco,  B.Dortmund, Arsenal, B.Munique, Roma, PSG, Barcelona, Chelsea, Schalke 04, FC Porto, Shakhtar


Na Liga dos Coitadinhos: Juventus, Liverpool, Zenit, Anderlecht, M.City, Ajax, Maribor, BATE


Na Liga da Playstation: Malmo, Basileia, Benfica, Galatasaray, CSKA, APOEL, Sporting, At.Bilbau



Aprovo...e desejo o Ludogorets nos oitavos...:-))

A Liga dos Coitadinhos ficaria quase tão forte com a  Liga dos Campeões...:-)

E ver a segunda circular na Liga Playstation seria a cereja no topo do bolo...



quarta-feira, Outubro 22, 2014

MIGUEL SOUSA TAVARES - AGORA, BASTA DE BRINCADEIRAS, MISTER !

1- Passadas 48 horas, um tipo já consegue a calma suficiente para reagir sem ser à flor da raiva. Até já consegue mandar para o registo das memórias a abater as imagens daquela figura a festejar a vitória no Dragão, tal como se tivesse sido um dos jogadores sportinguistas em campo. E, conquistada essa calma, vou começar por dizer que não vou desde já render-me à fatalidade de ter de reconhecer que pela terceira vez consecutiva Pinto da Costa se enganou no treinador. Ainda não chegámos lá, nem eu cheguei. Porém, e como aqui venho escrevendo, Julian Lopetegui já começa a destabilizar o universo portista, com as suas originalidades, as suas manias, as suas incoerências e os seus sucessivos erros que saltam à vista de qual quer leigo. Não sei se ele saberá exactamente onde desembarcou, que clube é o FC Porto, mas, admitindo que sim, como é normal, já era tempo de perceber que não é o clube que está em teste para ele perceber se lhe serve para testar as suas originais ideias: é ele que (sem qualquer experiência anterior à frente de um clube) tem de provar que está à altura do FC Porto. Ou, por outras palavras, um pouco mais de humildade e menos de experimentalismo dariam jeito. Porque a Taça já lá vai e a humilhação de perder no Dragão às mãos do Sporting ninguém nos tira.

2- Não subscrevo a tese de que o Sporting foi muito superior ao FC Porto e, menos ainda, que lhe deu um banho de bola. Não subscrevo eu, nem subscreve a estatística: tivemos mais posse de bola, mais ataques, mais remates, mais cantos, mais oportunidades de golo. E tivemos toda a sorte do jogo contra nós, com excepção do remate de Nani a raspar no poste aos 36 segundos, reflexo daquilo que aqui escrevera na semana passada: a equipa nunca entrar concentrada nem com pressa nos jogos. De resto, oferecemos, do nada, o primeiro golo; oferecemos o segundo em consequência daquele insuportável joguinho de passes para trás e para o lado no meio campo defensivo, que nos custou já cinco golos sofridos nos últimos cinco jogos (embora também me tenha ficado a ideia que Montero estava em off-side quando assistiu Nani para o golo); e oferecemos ainda o terceiro, numa daquelas confusões em que a defesa é exímia — a que, como é fatal, logo se acrescentou a sorte de dois ressaltos a deixar a bola na bandeja de Carrilho. Em contrapartida, falhámos um penalty (falso) tão mal marcado que até doeu, vimos dois golos negados por Patrício e mais umas três bolas a limpar tinta aos postes. Bastaria que na jogada anterior ao terceiro golo do Sporting, Herrera, em posição excelente para rematar para golo, não tivesse começado a olhar para os lados para se livrar da responsabilidade e o FC Porto poderia ter empatado então e ter remetido todas as loas ao leão para a secção dos comentários antes de tempo.

3- Mas sim, o Sporting foi superior ao FC Porto, não nos factos ou nas estatísticas do jogo, mas em outros factores igualmente determinantes: na atitude da equipa e dos jogadores e no desempenho do seu treinador. Com a sua atitude competitiva, a sua disponibilidade para o jogo e a sua humildade competitiva, os jogadores do Sporting ganharam ao FC Porto por 3-1. Mas Marco Silva (o treinador que Pinto da Costa deveria ter ido buscar, e logo no ano passado), ganhou por 10-0 a Lopetegui. Como disse Manuel José, com os treinadores trocados, o FC Porto teria vencido tranquilamente este jogo. Qualquer um que percebe de futebol, percebe isto.

A vitória de Marco Silva foi total: na batalha do meio campo, na pressão à saída da bola da defesa portista, na organização defensiva. Ele estudou o adversário e preparou o jogo; Lopetegui, como de costume, inventou, baralhou, semeou a confusão e ficou sempre dependente da superior capacidade individual dos seus jogadores para suprirem a ausência de uma equipa, enquanto tal. Mas Marco Silva (e o Sporting, sejamos justos) deu ainda outra lição a Lopetegui: sete portugueses e um espanhol na equipa inicial derrotaram cinco espanhóis e nenhum português. E uma equipa feita com a prata da casa derrotou uma equipa comprada lá fora a peso de ouro. Foi uma Aljubarrota futebolística.

4- 0 primeiro erro de Lopetegui (que foi quem perdeu o jogo, ele e só ele), foi a habitual insistência na mudança de meia equipa de jogo para jogo. Com o plantei de luxo que lhe puseram à disposição, compreende-se que ele vá rodando jogadores. Mas rodar, sim, o núcleo central da equipa e não mais de dois, três jogadores por jogo. Rodar meia equipa de cada vez é outra coisa, é presunção e confusão. Pior ainda, se à rodagem constante da defesa, do meio-campo e do ataque, se soma a rodagem do sistema de jogo, duvido que algum jogador que ele manda lá para dentro saiba ao certo o que o treinador quer dele.

A rodagem, além do mais, tem de ter um critério, seja ele certo ou errado. Contra o Sporting, Lopetegui enfrentava o problema de ter alguns jogadores exaustos pelas viagens e jogos das suas selecções, outros mais poupados e outros absolutamente repousados. Qualquer um entenderia que, nestas circunstâncias, teria de poupar os mais cansados e utilizar os mais poupados. Ora, ele fez exactamente o contrário: os que tinham jogado e viajado para mais longe (Quintero e Jackson), ou Danilo (obrigado a exibir-se no Extremo Oriente para satisfazer a insaciável cobiça por dinheiro dos dirigentes da CBF), jogaram os 90 minutos - com consequências que serão pagas no jogo desta noite contra o Athletic Bilbao. Os jogadores mais poupados, e alguns motivados pelos jogos das suas selecções - Ricardo Quaresma, Ricardo Pereira, Rúben Neves e Alex Sandro, foram para o banco.

O terceiro erro grave de Lopetegui foi o de jogar sem alas, porque Quintero não é ala (e foi preciso derivar para o centro para mostrar o que vale) e porque Adrián López é um absoluto flop, em que ele insiste apenas para não ter de reconhecer o erro da sua contratação (Ricardo Pereira, por exemplo, é dez vezes melhor do que ele, com o contra de ser português). Numa equipa que tem extremos como Quaresma, Ricardo, Brahimi e Tello, deixar todos de fora e jogar com um não-extremo e um não-jogador é estar a pedir por elas. Para além disso, a exclusão de Quaresma, que Lopetegui recebeu super motivado e disponível, foi uma decisão mesquinha e que fatalmente irá ter consequências no ambiente da equipa.

E o seu último erro na escolha do onze inicial foi, obviamente, a teimosia em Casemiro. Já aqui o disse e repito: é um jogador sem categoria para o FC Porto e perigoso para a equipa, pelas inúmeras e desnecessárias faltas que faz e pelos cartões amarelos que trata de receber tão cedo que deixa o treinador com um problema nas mãos. Não foi só o golo que ofereceu, foi tudo o resto, a falta de classe e de inteligência a jogar que mostra em cada jogo e a todo o tempo.

Mas os erros de casting, a teimosia de querer parecer original mudando metade da equipa em cada jogo, não é tudo. Os portistas querem saber é quando é que Lopetegui estabiliza um onze-base e um sistema de jogo adaptado ao plantel de luxo que tem à disposição. Quando é que o sector recuado se deixa de vez daquele jogo suicida do passa-e-repassa lá atrás, quando é que o meio-campo consegue controlar um jogo e municiar a frente, quando é que o ataque simplifica os processos para chegar ao golo, quando é que alguém explica ao Jackson como se marcam penalties ou se escolhe outro para os cobrar, etc. Coisas básicas: trabalho de casa, horas de treino, ideias claras, simplicidade de processos, humildade táctica. Seria bom que começasse já hoje à noite.

in abola


Não tive hipóteses de colocar ontem, mas resume em perfeição o FC Porto actual...e como não vi o jogo, só um resumo e parece que foi mais do mesmo...tanto podíamos ter vencido, empatado ou perdido...com o público do Dragão nervoso e foi preciso o São Quaresma com ajuda espanhola para garantirmos a vitória e o quase apuramento...vá lá...a parte pior é que acabei de perder um comentador pós-jogo, o Carlos...que já não tem paciência:-)

Como não posso dizer muito mais enquanto não vir o jogo integral deixo alguns títulos quase todos a dizerem que o Quaresma salvou o...Flopetegui :-)))





O Lopetegui parece continuar a ver jogos que mais ninguém vê...mas vou comprovar mais logo...:-)





E os prejuízos de 40 milhões é "conjuntural e atípico" diz o chefe das finanças do FC Porto...como atípico foi o aumento de 30% do salário fixo do Pinto da Costa (mas isto é notícia lixo da manhã, por isso sujeita a confirmação), mas a ser verdade foi para compensar as perdas que ele tanto chorou no BES...:-))





Estou aqui a chorar que nem uma madalena pelo "roubo" dos calimeros...já se sabe que foi o Pinto da Costa...:-) Hoje as resmas de papéis devem esgotar em Lisboa, tendo em conta os comunicados que os calimeros vão fazer...:-)) Mas compreendo-os...com 10 fizeram uma bela figura...o Manchester City também parece que acabou a protestar com a arbitragem...



E que grande maluqueira:



Os famosos BATE, levaram 7 em casa...:-))))  O Chelsea dar 6 aos Maribor é normal...mas o Roma levar 1-7 sem sequer haver jogadores expulsos...é inacreditável...toma ITURBE!!! :-))))



Hoje que continue a maluqueira especialmente no Mónaco...



terça-feira, Outubro 21, 2014

TRANSFORMÁMOS BILBAUS EM REAIS MADRIDS

Eu já tinha dito que não faria mais comentários pós-jogo enquanto a equipa não se exibisse a níveis aceitáveis durante uns tempos e só porque o José me pediu para o fazer já que nem sempre pode ver os jogos é que continuei a fazer, mas desisto. Não gosto de quase nada do que o FC Porto actual faz.

Transformámos At.Bilbaus em Reais Madrids que saímos do estádio eufóricos só porque ganhámos à rasca e pensámos que fizemos uma coisa impressionante quando em conteúdo e consistência somos uma miséria. Depois surgem as surpresas ou quando não há milagres e fica tudo espantado.

O que nos valeu desta vez foi o Quaresma e o frangueiro GR adversário, quando os espanhóis dominavam a partida, equilibravam todas as estatísticas do jogo e o nosso melhor jogador se chamava Fabiano que evitou dois golos certos, num mar de asneiras inacreditáveis no segundo tempo. E isto regressados de um golo em cima do intervalo, que até se pode dizer merecidamente, pois os buracos e asneiras que o At.Bilbau dava, permitiam que Tello tivesse sempre auto-estradas, mas mesmo assim, não evitávamos bolas ao poste ,mais uma vez, como contra o Sporting e um ou outro lance polémico na área.

Dito isto, o que se extrai de bom, foram só os 2 pontos e uma qualificação quase garantida e dinheiro nos cofres (a ver pelo prejuízo que bem é preciso), pois no que respeita ao futebol exibido, à consistência da equipa, fiquei mais preocupado do que há um mês atrás. Não gosto de quase nada.

Mas pronto, hoje comemoremos o mesmo resultado que o BATE obteve frente a este A.Bilbau no último jogo. Curiosamente, o Bate levou hoje, só 0-7 em casa do Shakhtar, com 6 ao intervalo. Diga-se, que hoje foi dia de goleadas e muitos golos, umas mais surpreendentes do que outras. Roma levar 1-7 do Bayern é medonho.

E o Sporting perdeu mas pelos vistos fez um jogo digno, a jogar com dez desde os 30 minutos perdeu 4-3 num penalty aos 90 minutos. Nós não conseguimos ganhar em casa ao Boavista quanto mais dar 3 na Alemanha e só perder com um penalty nos 90. Teríamos sido goleados de certeza.

Por isso, José, sinto muito , mas faltam-se adjectivos para qualificar o FC Porto actual, até quando ganha. Por isso mais vale não dizer nada.

HAJA AO MENOS CONTINUIDADE NESTA...



É a prova onde estamos melhor...e onde até nos exibirmos melhorzito...por isso...com mais uma rotação...mas penso que desta vez...para colocar os melhores em campo...sejamos capazes de dar uma passo importante no apuramento para os oitavos...e temos tudo, pois o adversário parecia forte na "pré-época" mas tem sido uma desgraça...o Shakhtar dominou o jogo em Espanha, mas não conseguindo mais que um empate a zero e o Bate até lhes ganhou em casa...:




Mas diga-se que o FC Porto não sendo tão mau...também não vem de resultados que nos orgulhemos:





Por isso...vamos lá ganhar aos espanhóis, porque somos muito melhores e porque os gajos andam perdidos...nós também...:-)...o jogo não vai limpar nada do passado nem nos dará um lamiré do futuro, pois o Lopetegui já disse que vai continuar a inventar...a inventar que tenha muita sorte...:-))

E ele disse isto sem se rir:

in ojogo



O programa de festas de hoje...evidentemente a este horário...só em diferido e se conseguir arranjar ainda hoje para comentar amanhã de manhã...:-)

in zerozero



E quando a gente começa a concordar com o MST...nem que seja só os títulos...algumas coisas estão mesmo mal...:-))


in abola